• Viviane

Como planejar uma viagem com bebê


Em maio de 2019 tivemos o prazer de fazer a primeira viagem da nossa Mineirinha Viajante. Foi uma divertida aventura de muito aprendizado que gostaríamos de compartilhar com vocês. Só quem já tem criança sabe o quanto é trabalhoso (e delicioso) viajar com um bebê.

Como uma boa mãe de primeira viagem, comecei a planejar com muita antecedência (ela ainda tinha dias de vida) esse momento tão importante para nossa família: as merecidas férias após nove meses de gestação e seis meses de dedicação exclusiva.

Sempre soube que iríamos para o litoral, somos apaixonadas pelo mar e queríamos muito levar a Sarah para conhecê-lo (já que em Minas não tem, né?)... a partir daí surgiram milhares de opções de destinos.

Para nossa escolha, ponderamos a temperatura da água, a cor da água e a "bravura" do mar.. Queríamos um lugar calmo, mais vazio, com água quente e clara e mar raso, pra que ela pudesse brincar.. Resultado: Nordeste Brasileiro!

Após a escolha da região, veio a definição da hospedagem. Em meio a tantas opções, resolvemos filtrar por resorts all inclusive. Fomos apresentadas então, a um resort que seria inaugurado em Maio/2019.. Bateu aquele medinho do empreendimento ainda não estar pronto na data da viagem, do conceito que eles estavam implantando não ser tão interessante.. Mas confessamos que, apesar dos ricos, o preço era indiscutível.. Quando vimos que era da rede Salinas, aí qualquer desconfiança foi por água abaixo.. Definimos então que iríamos nos hospedar por sete dias no Japaratinga Louge Resort (foi a escolha mais acertada!).

Na consulta com a pediatra, fizemos um milhão de perguntas referentes a viajar com nossa bebê. Estávamos preocupados em saber se ela poderia entrar no mar, na piscina, como fazer no avião, protetor solar, ela estaria iniciando a introdução alimentar, como seria isso.. esse tipo de coisas.. e as respostas foram as seguintes..

Comprem camisa (e calça) com proteção solar, não é muito recomendada a utilização de protetor solar para bebês nessa idade, então essas roupas ajudam bastante. Nós achamos um macacão na loja Decatlon que amamos, ficava só o rosto, a canelinha, as mãos e pés de fora.. Passamos protetor nas canelas e pés (ela ainda não comia os pés). Também encontramos chapéu, para tampar o rosto. A pediatra recomendou não passar protetor no rosto pois ela poderia esfregar o rosto com a mãozinha e levar o protetor para a boca ou olho (quem já deixou cair protetor solar no olho sabe o quanto arde). As calças de proteção, não achamos em lugar nenhum, então compramos alguns shorts maiorzinhos na Decatlon, que atendeu super bem.

Compramos diversas camisas de proteção, a maioria na Mouvx Esportes. Tenham sempre o cuidado de comprar em local confiável, afinal é só ela que vai proteger do sol.

Não percam tempo em comprar biquini e maiô, nessa fase vocês não poderão utilizar, a não ser pra tirar uma foto ou outra e vestir a camisa de novo correndo kkk.

Protetor solar... Em último caso, utilize (foi a recomendação da pediatra). Compramos o Episol Infantil com fator de proteção 70. Como dissemos acima, utilizamos pouquíssimo, só nas áreas que estavam expostas mesmo. Teve um dia que cheguei a passar beeeem pouquinho no nariz e bochecha, pq a nossa pequena não estava curtindo ficar de chapéu =/.

Fralda a prova d'agua... Compramos dois pacotes da Fralda Descartável Huggies Little Swimmers (e foi mais do que suficiente), usávamos para ela entrar no mar e na piscina, assim que saia já tirava e dava um banho de ducha. Evitava que a areia ficasse grudada no corpo dela, podendo causar alguma assadura.

Também compramos aquela fralda ecológica a prova d'água (foto abaixo). Usamos apenas uma vez, acho que deve ser mais interessante quando a criança está maior e pode ficar molhada por mais tempo. Ficar colocando e tirando aquela fralda, ficar carregando a fralda molhada (além da roupa) e ainda tem que lavar ela depois achei meio demais. Mas funciona!

Introdução alimentar... Eis a questão. A pediatra liberou comprarmos papinha da Nestlê pra levarmos, é a opção em último caso. Mas para a nossa alegria, o resort fornecia papinha todos os dias. A Sarah comeu muito mais a papinha do resort do que a de casa.

Logo quando você faz o check-in eles te informam que você tem a opção de conversar com a nutricionista e montar o cardápio da sua criança, caso tenha algo especial. No nosso caso, a Sarah ainda não comia um monte de coisa. Por exemplo, não podia ter sal na papinha, nem carne. Frutas, ela só podia comer pera, maçã e banana prata. Ainda assim, acabamos não fazendo o cardápio com a nutricionista.

Nos dias que a papinha tinha algo que ela não podia comer, avisávamos na cozinha e eles já preparavam na hora pra ela. Caso não houvesse a fruta disponível na baby copa, era só pedir na cozinha que eles providenciavam. Esse foi o ponto alto do resort pra nós.

Detalhe, a papinha da Nestlê quebrou no avião, caso opte por oferecer essas papinhas para seu filho, prefira comprar na sua cidade de destino.

Com relação ao avião, morri de medo dela ficar chorando o tempo inteiro.. medo dela ficar com dor no ouvido.. são tantos medos que nos assombram (né, mamães?). Pois bem, a pediatra recomendou amamentar na subida e na descida, pois com o maxilar funcionando, a pressão no ouvido diminui e evita a dor. Eu até tentei fazer isso, mas na subida ela estava a fim de olhar tudo e não quis saber de mamar. Durante o voo, ela ficou muito inquieta, tive que ir quase o voo inteiro na "cozinha" com ela mamando, até que enfim conseguiu dormir. Após um cochilo de cerca de 30 minutos, já estava iniciando a descida. Ela mamou mais um pouco e finalmente chegamos. O voo de volta foi bem mais tranquilo, foi no horário da soneca dela, ela dormiu praticamente a viagem inteira. Acordou quando já estávamos descendo, mamou e pronto. Sem choro, nem nada. É importante observar os horários da rotina do seu bebê antes de marcar sua viagem, sempre que possível, marque o voo próximo ao horário de soneca dele.

Berço, carrinho e banheira.. são itens que pesam e que geralmente nos preocupam. O resort que escolhemos fornece o kit baby que tem esses três itens. Ajudou bastante, pensei em levar o carrinho ou a cadeirinha, pois a companhia aérea permitia despachar sem taxa extra. Mas no final das contas, contratamos o transfer com a Transtur Maragogi que possui cadeirinha para o transporte dela até o hotel e tinham vários colos disponíveis para carregar a Sarah no aeroporto kkk...

Como o hotel estava recém inaugurado, tudo estava em ótimo estado, me arrisco a dizer que a Sarah foi a primeira a usar o kit disponibilizado pra ela. O bom de usar o carrinho do hotel foi principalmente para o acesso à praia, tirávamos a roupinha molhada dela e ela tira um belo cochilinho nele.

Consulte a disponibilidade do kit baby no ato da reserva, pois é limitado.

Nós não tivemos o interesse de contratar baby syster, mas o hotel possui esse serviço a parte. Por se tratar da primeira viagem com nossa mocinha, quisemos curti-la o tempo todo.

Como já conhecíamos um pouco a região, optamos por fazer poucos passeios, afinal com criança pequena e hotel all inclusive, acaba que a gente quer mais curtir hotel mesmo né? Ainda assim, reservamos dois dias para fazermos passeio de buggy.

Contratamos o passeio com o pessoal da @japaratourpasseios, eles são associados da @abjbuggy, é super confiável. Buggy novos, buggueiros simpáticos e que conhecem bem a região, isso fez toda a diferença para que o passeio fosse maravilhoso.

Visitamos o litoral de Maragogi e o litoral de Japaratinga em duas manhã. Foi um tempo razoável para que a Sarah não se cansasse muito de ficar no colo, sacudindo o tempo todo rsrs.. Mas isso é assunto para o nosso próximo post: Um paraíso chamado Japaratinga... Confira em breve.

#japaratinga #japaratour #japaratourpasseios #transturmaragogi #maragogi #alagoas #caribebrasileiro #japaratingaloungeresort #resort #allinclusive #viajarcombebê #proteçãosolar #passeiodebuggy #buggy

50 visualizações
Viagem é com as Mineiras Viajantes.
Aqui você encontra dicas valiosas de viagens em Minas Gerais, Brasil e dos melhores destinos do mundo.
Aprenda a viajar barato conosco. Oferecemos Assessoria em Viagem.
Conheça os melhores destinos e lugares para viajar com as Mineiras Viajantes!

sobrenós

2016 @mineirasviajantes