Viagem é com as Mineiras Viajantes.
Aqui você encontra dicas valiosas de viagens em Minas Gerais, Brasil e dos melhores destinos do mundo.
Aprenda a viajar barato conosco. Oferecemos Assessoria em Viagem.
Conheça os melhores destinos e lugares para viajar com as Mineiras Viajantes!

sobrenós

2016 @mineirasviajantes

Dicas para conhecer a África do Sul

October 15, 2019

Conhecer a África do Sul foi uma grata surpresa, um país de grande diversidade cultural e religiosa, além de uma vasta biodiversidade. Foram momentos incríveis vividos que vamos compartilhar com vocês.

 

 

 

Quando você pensa em África do Sul o que vem na sua cabeça? Animais? Vida Selvagem? Seca? Apartheid? Fome? O país tem tudo isso realmente, mas tem outras coisas também. Algumas cidades possuem ótima infraestrutura, como Johannesburgo e Cidade do Cabo. As estradas são bem pavimentadas e o índice de acidentes é muito baixo (os motoristas respeitam as placas de ‘PARE’, precisamos aprender com eles rsrs). Cânions, cachoeiras e praias fazem parte de lindas rotas do país. Valeu a pena conhecer!

 

Para fazer turismo não é necessário visto para brasileiros, isso facilita muito para quem quer curtir as férias. Logo na saída do Brasil é necessário apresentar o Certificado de Vacinação Internacional. Ele é obrigatório para brasileiros que vão visitar o país. Então, se vai partir para a África do Sul, não esqueça esse documento que é essencial.

 

Por ser de colonização Britânica, o povo sul-africano sofreu e sofre muita influência da Inglaterra. Desde a alimentação até a construção civil. O que podemos perceber é que no país existe dois extremos, pessoas muito bem sucedidas e pessoas extremamente pobres, vivendo sobre lixões, por exemplo. Isso ajuda a explicar o alto índice de criminalidade, principalmente nas periferias (o que não é muito diferente do nosso país, infelizmente...).

 

Porém, as áreas turísticas são seguras, então dê preferência em transitar e se hospedar nessas áreas. Mas não facilite com joias e dinheiro à mostra.

 

Fomos para Johannesburgo no voo da Latam saindo de São Paulo. Achei muito bom o voo, a alimentação estava gostosa e o entretenimento funcionou super bem. Foram pouco mais de 10 horas em um voo direto partindo de São Paulo. Ponto para a Latam! Uma dica muito importante é juntar milhas e ir para esse destino. Por 40 mil milhas você consegue fazer essa bela viagem internacional.

 

Alugamos um carro para percorrer as cidades da África do Sul e ter a liberdade de curtir mais o passeio pelo Kruguer Park, no início foi difícil dirigir pois o carro e as estradas são em mão inglesa, então temos que ter a atenção redobrada... mas valeu a experiência rs.

 

Recomendamos não circular pelas estradas a noite, pois o policiamento é precário. Tenha sempre um GPS em mãos, mas não confie 100% nele, pois ele pode apresentar um menor caminho, porém não ser o melhor (isso aconteceu com a gente). Para alugar um carro foi necessário apresentar apenas a Carteira Nacional de Habilitação, não foi nos solicitado a Permissão Internacional para Dirigir (PID).

 

Alugamos o carro no site da Rentalcars, foi prático e pagamos em real, sem IOF. Fica essa dica!

 

A infraestrutura aeroportuária é boa, foi fácil nos localizarmos e andar pelos aeroportos.

 

 

 

Não deixe de fazer o seguro viagem, é muito importante principalmente porque você estará inserido em local onde os alimentos são processados de uma maneira diferente e as bactérias existentes são diferentes da que seu organismo está acostumado a conviver. Os valores gastos com despesas médicas são altíssimas no exterior, então, como já dizia o ditado “melhor prevenir do que remediar”.

 

O clima é bem semelhante ao brasileiro, então você não irá sofrer tanto para se acostumar. Se você quer curtir mais praia, o período ideal é ir entre outubro a fevereiro, porém não é o melhor período para fazer safari. Se seu foco é safari, opte por ir no outono ou inverno, entre março a setembro, o clima seco permite que os animais sejam mais facilmente visualizados no meio da mata e além disso eles precisam percorrer maiores distâncias em busca de água.

 

Uma das coisas que foi mais difícil de acostumar foi que as lojas fecham cedo. Entre 17 e 18 horas as lojas encerram seu expediente, então temos que ficar atentos às compras.

 

Uma dica importante é não esquecer o adaptador de tomadas, já que o padrão sul-africano é diferente das tomadas brasileiras.

 

Uma das vantagens de viajar para a África do Sul é aproveitar o câmbio, a moeda é desvalorizada quando comparada à nossa. A moeda oficial é o Rand (ZAR) e 1,00 Real equivale a 3,68 Rand sul-africano e 1,00 Dólar equivale a 15,27 Rand sul-africano (cotação de 02/10/2019).

 

A África do Sul possui 11 idiomas oficiais, uma delas é o inglês. É muito interessante você observar as pessoas falando estalando o céu da boca, tentei aprender um pouco do idioma Zulu, mas não tive muito sucesso rsrs.

 

 

 

Nos próximos posts você irá conferir nossa experiência nas cidades de Johannesburgo, Graskop e Cidade do Cabo, além do Kruguer Park.

 

E você, conhece ou tem vontade de conhecer a África do Sul? Conte-nos sua experiência!

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Veja outros posts

Um paraíso chamado Japaratinga

12/11/2019

Santuário Nacional Nossa Senhora Aparecida

30/10/2019

Dicas para conhecer a África do Sul

15/10/2019

1/17
Please reload